O Teatro Mágico apresenta “O 2° ATO” no Music Hall, em BH

14/10/2009 às 14:29 | Publicado em Música | 1 Comentário
Etiquetas: , , ,
O Teatro Mágico - Foto de Vinicius Campos

O Teatro Mágico - Foto de Vinicius Campos

A trupe do “O Teatro Mágico” volta a Belo Horizonte para apresentar o álbum “Segundo Ato” no dia 17 de outubro, sábado, no Music Hall (Avenida do Contorno, 3239 – Santa Efigênia). Na web brasileira, o disco já bateu recorde absoluto em relação a downloads, com mais de um milhão de transferências.

O espetáculo “O Teatro Mágico: Segundo Ato” se propõe a entrar mais a fundo nos debates que cercam as desigualdades sociais e as questões que rondam a pós-modernidade. Procurando explorar a questão do livre compartilhamento das músicas na Internet e defendendo a bandeira da musica livre, o Teatro Mágico se apresenta com um perfil de questionamento e protesto.

O Teatro Mágico
O grupo foi criado por Fernando Anitelli, ator, músico e compositor. De forma independente, sem apoio de gravadora ou campanhas midiáticas, já alcançaram números que muitas bandas “consagradas” não conseguiram ainda. O “boca a boca” e a Internet foram fundamentais na divulgação do trabalho, cada vez mais conhecido e respeitado, que faz com que “O Teatro Mágico” venha se consolidando como uma das bandas mais importantes da cena independente do Brasil.

Inspiradas nas obras de Hermann Hesse, escritor alemão, as composições tratam dos personagens que as pessoas precisam assumir nas diversas situações do cotidiano. As canções são intercaladas pelo traçado tecnológico de ruídos telefônicos, sinais de rádio e mensagens de voz. Os integrantes da trupe se apresentam maquiados e vestidos de clown (palhaço), que trazem a idéia do “personagem interno” escondido em cada pessoa.

Fernando Anitelli e trupe já estão na estrada há cerca de cinco anos. Ao longo deste caminho, o título do primeiro álbum, “O Teatro Mágico: Entrada para Raros”, acabou se transformando em algo maior do que o próprio sobrenome do músico e compositor. Hoje, Anitelli apresenta a companhia artística “Teatro Mágico” e leva para o palco não só um conceito de arte, mas também o debate em favor da música livre e da “pirataria saudável”.

Em 18 de Junho de 2008, três anos depois do lançamento de seu primeiro álbum, “O Teatro Mágico” fez o lançamento de seu segundo álbum de estúdio, intitulado “O Teatro Mágico: Segundo Ato”.

As canções foram divulgadas previamente no site da Trama Virtual quebrando todos os recordes de downloads até então. Em menos de 48 horas, foram mais de 600 mil downloads. O primeiro cd da companhia artística, “Entrada para Raros”, já vendeu cerca de 130.000 cópias e o “Segundo Ato” já emplaca o número de 23.000 discos vendidos.

O “Segundo Ato”
As composições escolhidas para o “Segundo Ato” colocam em debate o homem e a sociedade na qual vive. Para Anitelli, “no primeiro espetáculo, a trupe estava imersa num universo fantasioso onde cores e magia nos trazia a sensação de que tudo é possível. Havia um ‘quê’ de encantamento”.

Paralelamente, Anitelli explica que nesta nova fase, é como se a trupe chegasse à cidade e se deparasse com as questões urbanas, como o cotidiano dos cidadãos de rua citados na canção “Cidadão de Papelão” ou a problemática da mecanização do trabalho, citada no “O Mérito e o Monstro”.  “Indo mais além, há um debate sutil e, por vias opostas, mordaz, sobre o amontoado de informações que absorvemos, sem perceber, assistindo aos programas de TV da atualidade. Esta idéia está retratada na música ‘Xaneu N 5’, gravada com participação do cantor Zeca Baleiro”, conta.

Teatro Mágico - Foto de Vinicius Campos

Teatro Mágico - Foto de Vinicius Campos

No palco, os artistas circenses complementam o discurso feito pelas canções do “Segundo Ato” com números novos, como a corda indiana (aparelho de circo cuja imagem já nos remete a movimentos mais “ariscos”, que desafiam a força e o equilíbrio do homem no ar). Além disso, algumas poesias inéditas serão declamadas pelo próprio Anitelli e alguns textos do livro “O Teatro Mágico em Palavras” serão encenados pelo elenco.

Numa abordagem poética e lírica, a música “Pena” revela o sentimento do artista diante da matemática da arte, da luta diária entre “vender” ou “se vender” perante o sistema capitalista. E, dentro de todo esse universo de interrogações e subversões, Anitelli vai tecendo várias linhas de raciocínio e convida seu público a mergulhar no cerne das questões que levanta em cada canção.

Ao final do espetáculo, a trupe defende a igualdade e a busca racional por soluções pertinentes aos problemas da sociedade pós-moderna. E prega que a fé existente dentro de cada ser humano é a engrenagem maior para a superação dos limites internos e externos. Assim, Anitelli entoa “Sonho de Uma Flauta”, como se dissesse a seu público: “Sigamos em frente, lutemos, que tudo é possível de se realizar”.

Music Hall – Sábado – 17 de Outubro de 2009
O Teatro Mágico – “O Segundo Ato”

Abertura da casa: 22 horas.
Show Teatro Mágico: a partir das 23h30.
Classificação Etária: 16 anos.

Ingressos

(VALORES SUJEITOS A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO, CONFORME DISPONIBILIDADE DOS LOTES):

Pista
1º Lote R$40,00 (inteira) / R$20,00 (meia-entrada)* – ESGOTADO
2º Lote R$50,00 (inteira) / R$25,00 (meia-entrada)* – ESGOTADO
3º Lote
R$60,00 (inteira) /
R$30,00 (meia-entrada)* – ESGOTADO

Pista / Valores promocionais condicionados a entrega de 1Kg de alimento não perecível na portaria do evento (exceto sal e fubá)
1º Lote R$30,00 – ESGOTADO
2º Lote R$35,00 – ESGOTADO
3º Lote R$40,00

Camarote
1º lote R$ 40,00 (inteira)** – ESGOTADO
2º lote R$ 50,00 (inteira)**

*Salientamos que para os estudantes é necessário a apresentação da carteirinha no momento da entrada para o espetáculo; idosos e professores da rede pública também podem comprar ingressos tipo “meia”, com a obrigatoriedade da apresentação de documentação comprobatória na entrada das apresentações. Crianças até 5 anos NÃO pagam e acima de 6 anos pagam MEIA entrada.

** Não haverá meia-entrada no camarote.

Venda de Ingressos:
Bilheteria do Music Hall, de segunda a sábado, das 12 às 20 horas, Loja 5ª Avenida (27C no 3º piso), Leitura Mega Store BH Shopping, pelo site http://www.ingressorapido.com.br e telefone 4003-1212,

Sorvetes Salada (apenas camarote):
Av. Professor Mário Werneck, 1331. Bairro: Buritis – Belo Horizonte/MG
Av. Contorno, 6326, Loja 06/07. Bairro: Funcionários – Belo Horizonte/MG
Av. Presidente Carlos Luz, 3001. Bairro: Caiçara – Belo Horizonte/MG
Av. André Cavalcanti, 602. Bairro: Gutierrez – Belo Horizonte/MG
http://www.sorvetesalada.com.br

Outras informações – Telefone: 3461 4000 e http://www.musichallbh.com.br

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. ahhhh… eu quero ingresso. Não comprei antecipado por falta de grana e agora o mais barato é 40! ahhhh nemmm…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: